Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Os membros mais ativos do mês

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 13 em Sab Jun 08, 2013 3:07 pm

Bons índices do Bolsa Família resultam de parceria com gestores

Ir em baixo

Bons índices do Bolsa Família resultam de parceria com gestores

Mensagem  Henrique Leite em Qua Nov 30, 2011 11:34 am

Todos os municípios que executam o programa de transferência de renda acompanham as atividades das famílias atendidas pelo programa, principalmente por meio das contrapartidas

Brasília, 28 – A receita para um programa bem focalizado e bem fiscalizado resulta da parceria do trabalho do gestor com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), disse o secretário-adjunto da secretaria Nacional de Renda de Cidadania (Senarc), Luís Henrique Paiva, na abertura da teleconferência desta segunda-feira (28). “A Senarc tem uma coordenação específica para o acompanhamento de denúncias e de todas as informações que chegam ao ministério e que necessitam de uma investigação. É por meio desse trabalho que o programa pode ser bem executado e que todas as irregularidades podem ser investigadas e punidas”, alertou.

Durante a teleconferência, que teve como foco a fiscalização do Programa Bolsa Família, técnicos e gestores de todo o país debateram as ações de fiscalização do programa e esclareceram dúvidas.

O diretor do Departamento de Operações, Celso Correa, lembrou que, ao aderir o pacto de comprometimento com o MDS, todos os municípios que executam o Bolsa Família assumem o compromisso de acompanhar as atividades das famílias atendidas pelo programa, principalmente através das contrapartidas.

“Em casos de irregularidades, é possível que a fiscalização ocorra de duas formas. Na primeira delas, o gestor aciona o MDS caso identifique algum erro. No segundo caso, ocorre o caminho contrário e o MDS procura o gestor, caso as informações fornecidas nas bases de dados do programa contenham erro, e pede esclarecimentos”, explica Celso.

Apoio – Ainda sobre a importância da comunicação entre MDS e gestores, o diretor lembra o programa pode ser aprimorado apenas com a colaboração dos gestores. “O Bolsa Família é um programa de grandes dimensões e complexidade, portanto, é inevitável que sejam necessários ajustes ao longo de sua execução. Por isso, precisamos do apoio dos gestores de todo o país”.

A coordenadora geral de acompanhamento e fiscalização do Bolsa Família, Carolina Borges, esclareceu dúvidas ao lado do coordenador-geral de Execução Orçamentária e Financeira da Senarc, Sérgio Monteiro, e frisou a importância da maior quantidade de informações possíveis para que as denúncias possam ser apuradas. “A denúncia, quando chega ao MDS, tem que ser bem fundamentada. Apenas o nome da pessoa delatada não resolve o problema. Precisamos do número de identificação social (NIS), da carteira de identidade e do CPF. Quando não conseguimos informações suficientes, somos obrigados a arquivar a denúncia”, declarou.

Denúncias – Qualquer cidadão pode encaminhar ao MDS uma denúncia sobre possível irregularidade. Basta usar o telefone ou o correio eletrônico: 0800 707 2003 e http://www.mds.gov.br/ouvidoria. Se preferir, pode enviar uma carta para a Secretaria Nacional de Renda de Cidadania (Senarc) no endereço: Secretaria Nacional de Renda de Cidadania (Senarc)
SEPN 515, Bloco B, 5º andar, Gabinete
CEP 70770-502 – Brasília – DF. O telefone de contato é (61) 3433-3618.

Fernanda Lattarulo
Ascom/MDS
(61) 3433-1070
www.mds.gov.br/saladeimprensa
avatar
Henrique Leite
Admin

Número de Mensagens : 72
Data de inscrição : 06/08/2008

Ver perfil do usuário http://cadunico.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum